terça-feira, 24 de abril de 2012

Alexander Kellner, "Caçadores de Fósseis"

Alexander Kellner, paleontólogo e colunista no site da Revista Ciência Hoje


O ARACNO Jurássico não poderia deixar de ter, encravado na rocha do blog, uma das pessoas mais importantes da paleontologia. Alexander Kellner pesquisador do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é colunista no site da Revista Ciência Hoje, a coluna Caçadores de fósseis é publicada na segunda sexta-feira do mês. Ela é mantida desde dezembro de 2004 pelo paleontólogo. Seus textos discutem novidades da pesquisa de fósseis.

Alexander Kellner, 38 anos, iniciou sua aventura em busca de fósseis de dinossauros na Bacia do Araripe, no Ceará. No 15º dia de escavações, encontrou uma ossada, hoje identificada como a de um filhote carnívoro, que viveu há 110 milhões de anos no Brasil, recém-batizado de Santanaraptor placidus. Junto com os ossos, foram encontrados músculos, couro e vasos sangüíneos do animal. A descoberta pode fazer os paleontólogos reviverem o sonho do filme Jurassic Park, de Steven Spielberg: a reconstituição do código genético de um dinossauro.
Kellner participou da descoberta e descrição de 30 novas espécies de vertebrados fósseis e publicou mais de 120 estudos inéditos em periódicos nacionais e internacionais. Ao todo, conta com mais de 460 publicações, entre artigos de periódicos, capítulos de livros, resumos e artigos de divulgação científica. O colunista é autor de seis livros, entre os quais duas obras de divulgação científica: Os senhores do céu do Brasil e Na terra dos titãs.

Conheça todo seu trabalho na coluna "Caçadores de Fósseis" e sua história em "Conheça o Colunista". Tudo no site Ciência Hoje, a maior referência em tudo o que é relacionado a ciência.


Leia Também