terça-feira, 12 de junho de 2012

O dente da preguiça gigante

Alexander Kellner destaca evidência direta da interação entre os humanos e esses animais

A coluna "Caçadores de fósseis" deste mês por Alexander Kellner tem como destaque o dente da preguiça gigante, um fóssil encontrado em Sergipe, que traz evidência direta da interação entre os humanos e esses animais. A coluna sugere questões sobre como se comprova a alteração de um material pela ação humana e quando essa megafauna se extinguiu. Na imagem, reconstituição da paisagem de Sergipe há 40 mil anos, com diversos representantes da megafauna que viviam na região, entre eles, a preguiça gigante. (arte: Marcelo e Tânia Viana; concepção: Mário Dantas). Veja mais imagens da Preguiça Gigante na Galeria ARACNO.

A coluna "Caçadores de fósseis" é publicada na segunda sexta-feira do mês no site CH Instituto Ciência Hoje.

Leia Também