terça-feira, 3 de julho de 2012

Fóssil mais bem preservado do mundo é descoberto

Sciurumimus albersdoerferi pode ser a evidência mais antiga de um dinossauro carnívoro emplumado que não tinha ligação direta com as aves.

Segundo os cientistas alemães o fóssil seria de um dinossauro jovem que viveu no Período Jurássico, há 170 milhões de anos atrás. Ele foi chamado de Sciurumimus albersdoerferi, sendo o fóssil de magalossauro (grupo de dinossauros carnívoros que chegaram a medir 9 metros de comprimento e pesar 1 tonelada) mais completo encontrado até os dias atuais.
Ele foi encontrado com as mandíbulas abertas e o rabo estendido acima da cabeça em uma pedreira da Baviera, no sul da Alemanha. Os pesquisadores supõem que seu crânio deveria ser grande, patas traseiras curtas e a pele lisa, coberta de plumas.´
“Aqui nós relatamos um esqueleto excepcionalmente preservado de um megalosauridae juvenil chamado Sciurumimus albersdoerferi, do Jurássico Superior na Alemanha, mostrando plumagem filamentosa na base da cauda e em partes do corpo”. Declarou Dr. Oliver Rauhut ao portal DailyMail.
“O espécime foi preservado com as articulações completas, deitado sobre seu lado direito”, ressaltou.
Os fósseis de terópodes, incluindo o T-Rex, são extremamente raros em estágios de boa preservação, sendo geralmente encontrados em fragmentos. Os melhores espécimes de T-Rex possuem 80% de preservação do animal original. Sciurumimus albersdoerferi possui incríveis 98% de partes intactas.
“Este é um dos esqueletos de dinossauro mais completos já encontrados no mundo todo. Quando eu vi pela primeira vez, era difícil acreditar que era real, porque era muito bem preservado, parecia como se alguém tivesse feito para pendurar na sala, mas os testes provaram que é verdadeiro”, comentou Dr. Rauhut.

Leia Também