quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Fóssil de rinoceronte é encontrado em rocha vulcânica


Animal morreu em erupção de vulcão há 9,2 milhões de anos, Vestígios em rocha vulcânica são raros

Publicado pela revista científica “PLoS One”, pesquisadores encontraram o fóssil de um rinoceronte pré-histórico que morreu há mais de 9 milhões de anos bem preservado em rocha vulcânica. O objeto foi encontrado na Turquia e descrito por um trabalho liderado por Pierre-Olivier Antoine, da Universidade de Montpellier, na França. (Imagens: Crânio - Pierre-Olivier Antoine, Ilustração - Maëva J. Orliac)
Foi encontrado apenas o crânio do animal, um rinoceronte de dois chifres – enfileirados, no nariz –, que era comum na região 9,2 milhões de anos atrás. Detalhes do fóssil revelaram aos cientistas como foi a morte do rinoceronte.
Segundo o estudo, a temperatura da lava ultrapassou os 400º C e, de certa forma, cozinhou o rinoceronte, causando sua morte quase instantaneamente. O corpo do animal se desmembrou e, neste processo, ele foi decapitado. Por isso, o crânio foi levado pelo fluxo da lava até o local onde foi encontrado pelos pesquisadores, 30 km ao norte do local da erupção.

Leia Também