quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O extinto tigre-da-tasmânia pode estar vivo assista o vídeo

Ativistas australianos afirmam que o viram em Adelaide, no Sul da Austrália

Apesar de o animal ter sido considerado extinto em 1936, sendo que o último tigre-da-tasmânia morreu em cativeiro há oitenta anos na Austrália, levando a espécie à extinção. Conhecido pelas listras nas costas e pela imensa mandíbula, o animal nativo da Ilha da Tasmânia não resistiu à caça predatória no início do século XX.
Porém, 80 anos depois, um vídeo voltou a alimentar as esperanças daqueles que acreditam que a espécie possa ter sobrevivido na natureza. As imagens que circulam na internet mostram um animal semelhante a uma raposa se escondendo perto de uma casa. O vídeo levou o Grupo de Conscientização sobre o Tilacino (nome que também é dado ao bicho), que fez o filme em um quintal da cidade australiana de Adelaide, a reconhecê-lo como um “autêntico” tigre-da-tasmânia.


Leia Também